igreja_nsl_ouro-2024

Pároco

Pe. Marcos Roberto Pires

Biografia completa:

Segundo filho de quatro irmãos do casal: Alcides Pinto Pires (tapeceiro) e Almerinda de Jesus (dona de casa). Pertence a zona Norte – SP Vila Santa Maria.

Foi ordenado no dia 22 de setembro de 2007. Permaneceu como vigário na paróquia Nossa Senhora de Fátima na Vila Leopoldina até março de 2010. Assumiu no dia 07 de março de 2010 como pároco na Paróquia Santíssima Trindade no bairro do Butantã.

E uma pessoa que infunde respeito e com uma energia impar lota as missas com fiéis de várias regiões, que vem em busca de uma palavra de evangelização. Padre alegre, dinâmico e carismático, com jeito expressivo e autêntico. As homilias com linguagem simples, explicativas e diretas alcançam os corações dos fieis levando a palavra de Deus de forma respeitosa.

Sentiu o chamado de Deus ainda quando era jovem. Começou com o convite do padre de sua paroquia de origem, para que servisse o altar da igreja como acolito e ministro da Eucaristia.

Depois, conheceu a comunidade Católica Canção Nova, na qual ficou muito tocado com o trabalho de evangelização que eles realizavam, principalmente com os jovens e casais.

Foram esses os momentos fortes para o seu chamado sacerdotal.

Sua família o apoiou com alegria. Seu pai o aconselhou a ser responsável e fiel a esse chamado.

Formação Acadêmica: Licenciado em Geografia pela Faculdade Teresa Martin, especializado pela PUC – São Paulo, Teologia pela Faculdade Nossa Senhora da Assunção – São Paulo.

Trabalho profissional:

Agencia de publicidade Caio Domingues, Jornal o Estado de São Paulo e Editora Grafica Burti.

Atualmente também:

Apresentador no programa Bendita hora pela Rede Vida de televisão todas as terças e sextas-feiras às 15 h.

E todas as quintas-feiras o programa Tamojuntos as 20h30 também pela Rede Vida.

Apresentador na rádio 9 de julho programa Orando em famílias todos os dias as 11h da manhã.

Seus trabalhos artísticos, inclui 03 livros:

Não há mal que me possa vencer editora pedras, Deus não para de nos atrair editora Loyola e A distância que sou do que devo ser, também pela editora Loyola.

03 CDs e DVDs

O senhor e rei, Tamojuntos e O Senhor e Rei Liv.

  • Nasceu em Paraguaçu Paulista no ano de 1948
  • Ordenação presbiteral no dia 7 de janeiro de 1973
  • Pároco de nossa Paróquia de novembro de 1980 a  janeiro de 2024

Biografia completa:

Nasceu em Paraguaçu Paulista numa família católica em 1948. Fez os primeiros estudos em sua cidade natal onde teve uma infância simples normal e feliz. Aos 11 anos, em 1959, foi estudar no Colégio Dom Bosco. Dali transferiu se para o Colégio Salesiano Domingos Savio em Lucélia, também no interior paulista, onde cursou o ginásio. Em 1965 foi para o Seminário Diocesano São José em Assis concluindo aqui o colegial, hoje curso médio. Em Mariana, Minas Gerais, no Seminário Maior São José, faz o curso de filosofia, começando em seguida no meu local a teologia. Mas por divergências de visão pastoral e eclesial, uma vez que as renovações do Concílio Vaticano II estavam em ebulição na Igreja, deixa essa instituição e vai para Petrópolis, Rio de Janeiro, concluir todo o curso de teologia no Instituto dos Franciscanos. Tudo feito se ordena presbítero no dia 7 de janeiro de 1973 na catedral diocesana do Sagrado Coração de Jesus em Assis, SP, pela imposição das mãos de Dom José Lázaro Neves, um santo bispo lazarista.

Uma vez ordenado padre ficou como vigário paroquial na catedral de Assis até novembro. Na data de 22 de novembro de 1973 criou-se a Paróquia Santa Cecília em Assis e Dom José Lázaro nomeou o Pe Adalton como o seu primeiro pároco dando-lhe posse oficial nesse cargo a 1 de dezembro de 1973. A partir de então com o pessoal da região ele vai organizar toda a vida pastoral e também conduzir os trabalhos de construção da nova matriz e Paróquia. Vão ser sete anos de intensa atividade com um povo de muita fé e super animado lutando pela implantação da nova Comunidade em todos os sentidos.

No ano de 1980 veio para São Paulo, capital, a princípio apenas para fazer uma experiência de estudos e de pastoral. Isso era para somente ser no máximo três a quatro anos. Em abril de 1980 foi designado pelo Cardeal Dom Paulo Evaristo Arns como vigário paroquial de Nossa Senhora Lapa. No mesmo ano em novembro foi nomeado pároco por tempo indeterminado pelo meu arcebispo para a mesma Paróquia no centro do bairro da Lapa, que também faz parte da Região Episcopal Lapa. Nesta Paróquia atendeu a muitas solicitações da Região e da Arquidiocese de São Paulo assumindo e desempenhando muitos e diferentes cargos pastorais. Incardinado na Arquidiocese de São Paulo desde os inícios ainda continua até hoje servindo a Igreja e ao povo de Deus na mesma Região e Comunidade Pastoral. Atualmente são 42 anos de vida sacerdotal e 35 anos de Lapa e São Paulo.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print