R. N. Sra da Lapa, Nº 298, Lapa - São Paulo, SP | Tel: (11) 3834-6630 | E-mail: nsralapa@uol.com.br

Notícias

14/05/2021

Guerra Israel-Palestina: a tragédia das crianças
Guerra Israel-Palestina
Guerra Israel-Palestina: a tragédia das crianças

14/05/2021

O Papa: a Igreja é casa e escola de comunhão e fraternidade
A Igreja é casa e escola de comunhão...
O Papa: a Igreja é casa e escola de comunhão e fraternidade

13/05/2021

Os tiros, o medo, a oração e o perdão
Ataque a João Paulo II
Os tiros, o medo, a oração e o perdão

13/05/2021

Terra Santa. Pe. Faltas: “o coração do conflito, como sempre, é Jerusalém
Conflito em Jerusalém
Terra Santa. Pe. Faltas: “o coração do conflito, como sempre, é Jerusalém

12/05/2021

O Papa institui o Ministério de Catequista
O Papa institui o Ministério de Catequista
O Papa institui o Ministério de Catequista

12/05/2021

"Um sinal de esperança", diz jesuíta que pediu ao Papa Missa pela paz em Mianmar
Missa pela paz em Mianmar
“Um sinal de esperança”, diz jesuíta que pediu ao Papa Missa pela paz em Mianmar

11/05/2021

Papa: guia prático de mestre Fiorito para entrar na alma dos exercícios espirituais
Guia prático de mestre Fiorito
Papa: guia prático de mestre Fiorito para entrar na alma dos exercícios espirituais

11/05/2021

Terra Santa, confrontos. Patriarcas: caráter especial da Cidade Santa deve ser preservado
Confrontos na terra santa
Terra Santa, confrontos. Patriarcas: caráter especial da Cidade Santa deve ser preservado

07/05/2021

Reunião do Conselho de Cardeais com a participação do Papa
Reunião do Conselho de Cardeais
Reunião do Conselho de Cardeais com a participação do Papa

06/05/2021

Queda na taxa de natalidade: Papa em evento de Roma para dar esperança em tempos de crise
Queda na taxa de natalidade
Queda na taxa de natalidade: Papa em evento de Roma para dar esperança em tempos de crise

06/05/2021

Papa: O fruto da oração é o maior milagre que um cristão pode realizar
O fruto da oração
Papa: O fruto da oração é o maior milagre que um cristão pode realizar

05/05/2021

JMJ 2023: jovensA Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2023 que terá lugar em Portugal vai fazendo o seu caminho de preparação dos jovens neste tempo de covid-19. No mês de maio o ritmo é feito com a oração do Terço “em sintonia com o apelo do Papa Francisco que convida, em maio, a uma maratona de oração pelo fim da pandemia” – refere o site oficial da JMJ 2023.  Um terço de todos e para todos  No dia 1 de maio a organização da JMJ 2023 convidou todos a rezarem o Terço numa iniciativa com transmissão online. Num momento em que já estão em distribuição os terços da Jornada, os jovens foram desafiados a viverem “a força da oração comunitária”.  A recitação começou na Sé de Lisboa e percorreu as dioceses de Portugal envolvendo uma comunidade religiosa, uma família, idosos de um lar, uma comunidade do Movimento Fé e Luz e profissionais de saúde. Destaque também para a participação de várias realidades da Igreja e da sociedade e de uma comunidade migrante em Portugal.  A oração do Papa  Nesse mesmo dia 1 de maio, o Papa Francisco rezou o Terço a partir da Basílica de S. Pedro. Em transmissão direta, através dos canais do Vaticano, o Santo Padre abriu um mês de oração mariana do Terço com a intenção do fim da pandemia de covid-19.  Na sua oração final, destaque para o apelo do Papa para que “as somas enormes” de dinheiro “usadas para aumentar e aperfeiçoar os armamentos” sejam utilizadas para “promover estudos adequados para prevenir catástrofes” como a covid-19.  Recordamos aqui a oração final do Santo Padre:  “Sob vossa proteção buscamos refúgio, Santa Mãe de Deus”  Na dramática situação atual, carregada de sofrimentos e angústias que oprimem o mundo inteiro, recorremos a Vós, Mãe de Deus e nossa Mãe, refugiando-nos sob a vossa proteção.  Ó Virgem Maria, volvei para nós os vossos olhos misericordiosos nesta pandemia do coronavírus e confortai a quantos se sentem perdidos e choram pelos seus familiares mortos e, por vezes, sepultados de uma maneira que fere a alma.  Sustentai aqueles que estão angustiados por terem pessoas enfermas de quem não se podem aproximar, para impedir o contágio. Infundi confiança em quem vive ansioso com o futuro incerto e com as consequências sobre a economia e o trabalho.  Mãe de Deus e nossa Mãe, alcançai-nos de Deus, Pai de misericórdia, que esta dura prova termine e que volte um horizonte de esperança e de paz. Como em Caná, intervinde junto do vosso Divino Filho, pedindo-Lhe que conforte as famílias dos doentes e das vítimas e abra os seus corações à confiança.  Protegei os médicos, os enfermeiros, os agentes de saúde, os voluntários que, neste período de emergência, estão na vanguarda arriscando a própria vida para salvar outras vidas. Acompanhai a sua fadiga heroica e dai-lhes força, bondade e saúde.  Permanecei junto daqueles que assistem noite e dia os doentes, e dos sacerdotes que procuram ajudar e apoiar a todos, com solicitude pastoral e dedicação evangélica.  Virgem Santa, iluminai as mentes dos homens e mulheres da ciência, a fim de que possam encontrar as soluções justas para vencer este vírus.  Assisti os Responsáveis das nações, para que atuem com sabedoria, solicitude e generosidade, socorrendo aqueles que não têm o necessário para viver, programando soluções sociais e económicas com clarividência e espírito de solidariedade  Maria Santíssima, tocai as consciências para que as somas enormes usadas para aumentar e aperfeiçoar os armamentos sejam, antes, destinadas a promover estudos adequados para prevenir catástrofes do género no futuro.  Mãe amadíssima, fazei crescer no mundo o sentido de pertença a uma única grande família, na certeza do vínculo que une a todos, para acudirmos, com espírito fraterno e solidário, à tanta pobreza e às inúmeras situações de miséria. Encorajai a firmeza na fé, a perseverança no serviço, a constância na oração.  Ó Maria, consoladora dos aflitos, abraçai todos os vossos filhos atribulados e alcançai-nos a graça de que Deus intervenha com a Sua mão omnipotente para nos libertar desta terrível pandemia, de modo que a vida possa retomar com serenidade o seu curso normal.  Confiamo-nos a Vós, que resplandeceis sobre o nosso caminho como sinal de salvação e de esperança, ó clemente, ó piedosa, ó doce Virgem Maria.   Conduzi os passos dos vossos peregrinos que desejam rezar e amar-vos nos Santuários dedicados a Vós em todo o mundo sob os mais variados títulos e que pedem a vossa intercessão, sede para cada um deles uma guia segura. Amen.  O Santuário de Fátima também vai participar nesta iniciativa mundial às 17 horas do dia 13 de maio. O Papa Francisco encerrará esta iniciativa de oração pelo fim da pandemia no dia 31 de maio, nos Jardins do Vaticano.  Laudetur Iesus Christus     Fonte: VaticanNews rezaram o Terço no dia 1 de maio
Jornada Mundial da Juventude 2023
JMJ 2023: jovensA Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2023 que terá lugar em Portugal vai fazendo o seu caminho de preparação dos jovens neste tempo de covid-19. No mês de maio o ritmo é feito com a oração do Terço “em sintonia com o apelo do Papa Francisco que convida, em maio, a uma maratona de oração pelo fim da pandemia” – refere o site oficial da JMJ 2023. Um terço de todos e para todos No dia 1 de maio a organização da JMJ 2023 convidou todos a rezarem o Terço numa iniciativa com transmissão online. Num momento em que já estão em distribuição os terços da Jornada, os jovens foram desafiados a viverem “a força da oração comunitária”. A recitação começou na Sé de Lisboa e percorreu as dioceses de Portugal envolvendo uma comunidade religiosa, uma família, idosos de um lar, uma comunidade do Movimento Fé e Luz e profissionais de saúde. Destaque também para a participação de várias realidades da Igreja e da sociedade e de uma comunidade migrante em Portugal. A oração do Papa Nesse mesmo dia 1 de maio, o Papa Francisco rezou o Terço a partir da Basílica de S. Pedro. Em transmissão direta, através dos canais do Vaticano, o Santo Padre abriu um mês de oração mariana do Terço com a intenção do fim da pandemia de covid-19. Na sua oração final, destaque para o apelo do Papa para que “as somas enormes” de dinheiro “usadas para aumentar e aperfeiçoar os armamentos” sejam utilizadas para “promover estudos adequados para prevenir catástrofes” como a covid-19. Recordamos aqui a oração final do Santo Padre: “Sob vossa proteção buscamos refúgio, Santa Mãe de Deus” Na dramática situação atual, carregada de sofrimentos e angústias que oprimem o mundo inteiro, recorremos a Vós, Mãe de Deus e nossa Mãe, refugiando-nos sob a vossa proteção. Ó Virgem Maria, volvei para nós os vossos olhos misericordiosos nesta pandemia do coronavírus e confortai a quantos se sentem perdidos e choram pelos seus familiares mortos e, por vezes, sepultados de uma maneira que fere a alma. Sustentai aqueles que estão angustiados por terem pessoas enfermas de quem não se podem aproximar, para impedir o contágio. Infundi confiança em quem vive ansioso com o futuro incerto e com as consequências sobre a economia e o trabalho. Mãe de Deus e nossa Mãe, alcançai-nos de Deus, Pai de misericórdia, que esta dura prova termine e que volte um horizonte de esperança e de paz. Como em Caná, intervinde junto do vosso Divino Filho, pedindo-Lhe que conforte as famílias dos doentes e das vítimas e abra os seus corações à confiança. Protegei os médicos, os enfermeiros, os agentes de saúde, os voluntários que, neste período de emergência, estão na vanguarda arriscando a própria vida para salvar outras vidas. Acompanhai a sua fadiga heroica e dai-lhes força, bondade e saúde. Permanecei junto daqueles que assistem noite e dia os doentes, e dos sacerdotes que procuram ajudar e apoiar a todos, com solicitude pastoral e dedicação evangélica. Virgem Santa, iluminai as mentes dos homens e mulheres da ciência, a fim de que possam encontrar as soluções justas para vencer este vírus. Assisti os Responsáveis das nações, para que atuem com sabedoria, solicitude e generosidade, socorrendo aqueles que não têm o necessário para viver, programando soluções sociais e económicas com clarividência e espírito de solidariedade Maria Santíssima, tocai as consciências para que as somas enormes usadas para aumentar e aperfeiçoar os armamentos sejam, antes, destinadas a promover estudos adequados para prevenir catástrofes do género no futuro. Mãe amadíssima, fazei crescer no mundo o sentido de pertença a uma única grande família, na certeza do vínculo que une a todos, para acudirmos, com espírito fraterno e solidário, à tanta pobreza e às inúmeras situações de miséria. Encorajai a firmeza na fé, a perseverança no serviço, a constância na oração. Ó Maria, consoladora dos aflitos, abraçai todos os vossos filhos atribulados e alcançai-nos a graça de que Deus intervenha com a Sua mão omnipotente para nos libertar desta terrível pandemia, de modo que a vida possa retomar com serenidade o seu curso normal. Confiamo-nos a Vós, que resplandeceis sobre o nosso caminho como sinal de salvação e de esperança, ó clemente, ó piedosa, ó doce Virgem Maria.  Conduzi os passos dos vossos peregrinos que desejam rezar e amar-vos nos Santuários dedicados a Vós em todo o mundo sob os mais variados títulos e que pedem a vossa intercessão, sede para cada um deles uma guia segura. Amen. O Santuário de Fátima também vai participar nesta iniciativa mundial às 17 horas do dia 13 de maio. O Papa Francisco encerrará esta iniciativa de oração pelo fim da pandemia no dia 31 de maio, nos Jardins do Vaticano. Laudetur Iesus Christus Fonte: VaticanNews rezaram o Terço no dia 1 de maio